sábado, 21 de abril de 2012

- la persona sbagliata;



pensandoci bene, in tutto ciò che vediamo, viviamo intensamente, ascoltiamo e pensiamo non esiste una persona giusta per noi
esiste una persona che, se ti fermi un attimo a pensare, è in realtà la persona sbagliata
perchè la persona giusta fa tutto giusto, arriva puntuale, dice le cose giuste, fa le cose giuste ma non è che abbiamo sempre bisogno delle cose giuste
la persona sbagliata ti fa perdere la testa, ti fa fare pazzie, scappare il tempo, morire d'amore.
verrà il giorno in cui la persona sbagliata non ti cercherà e sarà proprio in quel momento in cui vi incontrerete che il vostro donarsi l'un l'altra sarà più vero.
la persona sbagliata è, in realtà, quello che la gente definisce una persona giusta. quella persona ti farà piangere, ma un'ora dopo ti asciugherà le lacrime. quella persona ti farà perdere il sonno, ma ti darà in cambio una notte d'amore indimenticabile. quella persona forse ti ferisce e dopo ti riempie di gentilezze chiedendo il tuo perdono. quella persona potrà anche non essere sempre al tuo fianco ma ti penserà in continuazione... 
è bene che ci sia una persona sbagliata per ognuno di noi perché la vita non è sicura, niente qui è sicuro, quello che è proprio sicuro è che dobbiamo vivere, ogni momento, ogni secondo, amando, sorridendo, piangendo, emozionando, pensando, agendo, desiderando, ottenendo. 
e solo così è possibile che si arrivi a quel momento della giornata, in cui diciamo: "grazie a dio, è andato tutto come doveva andare", quando in realtà, tutto ciò che lui vuole, è che noi incontriamo la persona sbagliata, in modo che le cose inizino veramente a funzionare per il verso giusto per noi.
(luis fernando verissimo)

- se eu digo que eu te amo;


se eu digo que te amo não estou fazendo uma promessa porque sei reconhecer que eu não sou uma pessoa muito boa com promessas. se eu digo que te amo, estou querendo dizer que eu te amo, que esta é a minha vida e que agora é também um pouco tua. estou te dizendo que estou me empenhando naquilo que eu acredito porque acredito seja algo importante e este 'algo importante' sem dúvida somos nós. estou dizendo que quero te dar o meu melhor, estou te dizendo que não sou perfeita mas que desejo que você me veja como eu sou de verdade: cheia de defeitos mas apaixonada. se digo que te amo estou te pedindo para fazer o mesmo: me mostre sua vida como ela é, com todo o caos que uma vida pode conter e me coloque neste caos com você. estou te pedindo para não esperar coisas grandes porque na verdade o amor é feito de coisas simples. estou te pedindo para ter em mente que eu não vou abrir mão de você e que enquanto eu estiver com você, estarei de corpo, coração e alma.
estou simplesmente dizendo que te amo.

sábado, 7 de abril de 2012

- vou me acostumar;



no fim tem sempre um machucado e tem sempre alguém mais machucado.
não é algo exato. quem deu, deu. e quem pegou, pegou tudo aquilo que existia.
não conta mais saber quem tem razão.
não conta ter a última palavra agora.

e no fim não é nunca o fim.
mas alguns fins duram um pouco mais.
de agora para frente é possível somente andar, cada um por si levando na sua bagagem aquilo que existia.
e os escombros depois do mau tempo transformam lindas lembranças em desprazer.


vou me acostumar a não te encontrar.
vou me acostumar a me girar e não te ver.
vou me acostumar e não te pensar. quase nunca.
(m'abituerò - ligabue)

- amar sem reservas;


me surpreendo ao te encontrar nas escadas quando eu volto pra casa e você surpreso em me ver como se fosse a primeira vez. eu falo sem parar sobre minhas alegrias e minhas tristezas. e você que sorri e divide tudo comigo.
me surpreendo ao te imaginar na minha porta quando eu chego em casa ansiosa pra te ver e observar com atenção cada mínimo movimento teu. e te falar sem parar sobre meus propósitos na vida e especialmente aqueles COM você.
eu te presentearei a cada despertar de manhã e depois deslizarei os dedos nos teus cabelos. te darei todo carinho quando chegar o fim do dia. 
porque eu aprendi a te amar sem reservas.
(annalisa - senza riversa)