quinta-feira, 17 de novembro de 2011

- problemas;


qualquer distância entre nós virou um abismo sem fim. quando estranhei sua voz, eu te procurei em mim. ninguém vai resolver problemas de nós dois. 
se tá tão difícil agora, se um minuto a mais demora, nem olhando assim mais perto consigo ver porque tá tudo tão incerto. será que foi alguma coisa que eu falei? ou algo que fiz que te roubou de mim ? sempre que eu encontro uma saída, você muda de sonho e mexe na minha vida.
o meu amor conhece cada gesto seu, palavras que o seu olhar só diz pro meu. se pra você a guerra está perdida, olha que eu mudo os meus sonhos pra ficar na sua vida!
(problemas - ana carolina)

terça-feira, 15 de novembro de 2011

- um tchau e por trás um adeus;


eu vou embora porque você sabe que aquilo que você é, você nunca me disse. e agora é mais que óbvio que é você quem brinca comigo. e outra, vou embora porque lindo como você é me faria mudar de idéia de novo. e depois a ingênua sou eu, com um tchau e por trás um adeus.
mas tudo bem, eu vou embora. porque eu... eu com você... eu me rendo. mas se lembre também que quem sai perdendo é você, porque eu não pretendo.
e eu vou sofrer. mas o que você espera? cedo ou tarde todo mundo passa por isso. e aquilo que sobra do esquecimento é simplesmente um tchau e por trás um adeus.
mas tudo bem, eu vou embora. porque eu... eu com você... eu me rendo. mas se lembre também que quem sai perdendo é você, porque eu não pretendo. ok, eu vou embora. porque eu sem você, eu brilho. e não é possível continuar me sentindo mal assim. embora eu esteja sofrendo porque sem você, sabe, é terrível.
(un ciao dentro un addio - gianluca grignani)